sexta-feira, março 06, 2009

Ventania




Pedro Luso de Carvalho


Da Patagônia,

esse vento

esse frio

congelante

veio rasgar

minhas veias

com garras

mortais.

Vi da vidraça

assombrado

o dia sumir

escuridão repentina

noite no dia

e um gélido terror.

No telhado da casa

às escuras

barulho horrendo

de passos

de seres estranhos

de um mundo estranho:

o fantasmagórico

vento com uivar

de fera faminta.

Preso à janela,

curvado de medo

ouvia-o zunir,

guerreiro feroz,

entre casas

e árvores

dilacerando galhos

e destruindo fios

que agonizavam

no chão

retorcidos.


Poesia recebida do amigo Pedro Luso.
Linda demais a poesia, parabéns amigo querido.

Veja a poesia no site:
http://www.veropoema.net/


5 comentários:

  1. Querida amiga
    Passei em seu lindo cantinho para lhe desejar assim que a sua familia um lindo f.d.s.cheio de amor,paz e alegria...
    Beijão grande...
    Rosa

    ResponderExcluir
  2. Maravilhoso final de semana para a vovó mais linda que eu conheço....
    Beijão e mantenha este blog sempre caprichado assim.
    Bjs do Zé Carlos

    ResponderExcluir
  3. Luzimar,
    um beijinho pelo Dia da Mulher.

    Tem um Blog bonito. Parabéns!

    Passe no meu Blog e leve aquele Bouquet :)

    ResponderExcluir
  4. Luz, venho sempre mesmo que não deixe recado, para me iluminar com estas fotos maravilhosas que vc tem, suas e de sua família. Oi turma linda esta da sua casa !!!!
    Beijão do teu amigo, Zé

    ResponderExcluir
  5. Obrigado, Luzimar, pela distinçao ao VENTANIA, publicado no teu blog.

    Um grande abraço
    Pedro

    ResponderExcluir

Obrigada por sua visita,Você é muito importante para mim.
Fazer amizades sinceras é o que desejo.
"É uma consolação na vida termos alguém a quem descubramos os nossos corações, a quem confiamos os nossos segredos, amigo fiel que nos felicite na prosperidade, que se condoa com a nossa tristeza, que nos ampare se formos perseguidos."
Santo Ambrósio

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...